quarta-feira, 28 de julho de 2010

Ironia: Aos homens "grandes" que não sabem o que são "pequenas" mulheres


Um homem não é medido pela
sua altitude, mas pela sua atitude.

João Noilton da Costa


— Ah não! Se não tenho inspiração, eu a invento.
— Ah não! Não importa de onde ela venha. Pode ser de uma dama, de uma menina, de uma mulher, de uma puta...
— Ah não! Ao lado de minha dose tudo é possível, é fácil demais, mesmo que muitas vezes seja nojento descrever meus lindos encontros...
— Ah não! Com minha literatura eu sou um grande homem...
— Ah não! Já usei diversas mulheres para escrever e descrever os motéis desta cidade, como foi o último gozo e a cara de cada uma delas acreditando que eu as amo.
— Ah não! Divulgo como faço, fiz e vou fazer para achar minha inspiração.
— Ah não! As mulheres são damas idiotas quando as descrevemos em um poema e que eu, somente eu, sei escrever muito bem.
Ah não! Eu sei fazê-las se sentirem grandes quando as divulgo de forma vulgar.
— Ah não! O sentimento é piegas, é apenas uma pitada, um enfeite, um detalhe.
— Ah não! Mas eu gosto de todas elas e quero que elas sejam felizes, mesmo que vez por outra eu atrapalhe seus sentimentos com outras pessoas quando escrevo o que fiz com elas... Isso mostra como eu sou bom demais naquilo que eu conto.
— Ah não! Tu sabes o que é pior?... Elas acreditam! Elas adoram... Lêem mesmo sabendo que é tudo mentira... Ficam com raiva, sei lá, felizes, lisonjeadas, mas adoram fazer a leitura...
— Ah não! Mas aquela coitada que eu deixo em casa, essa meu amigo, eu não deixo não! É meu porto seguro!
— Todas as vezes que eu uso uma dessas fantasias amorosas, quando eu volto pra ela, minha verdadeira dona de casa, é aquela lua de mel...
— Ah não! Não diga que eu sou pequeno! Eu sou?... Ah não!

Ah Sim! Eu não sou escritor e nunca pretenderei ser.
E também não confunda 'Ah não!' com homem pequeno, tenha certeza.

1 comentário:

  1. Adorei as mudanças no blog, vc é relamente um gênio. Nem preciso falar dos textos, pois vc pode ficar muito convecido. Parabéns, meu amor!

    ResponderEliminar